terça-feira, novembro 27, 2007

O regresso

Afinal foi fácil. Sem preparação ou método. A carga de trabalho, coisas para fazer e outras para deixar feitas, a isso obrigaram.
E ainda bem. Quando dei conta já estava e ir e quando voltei a reparar já regressava.
Foi bom. Correu tudo bem, comigo e com ela.
O facto de sentir/pensar que estas pequeninas separações a ela também lhe fazem bem, ajudou. Acho importante que ela se sinta bem em vária situações, mesmo que eu não esteja por perto. É isto que quero para ela, uma menina segura, com capacidade de adaptação q.b.
É claro que é dificil deixa-la ficar, mas também me soube bem, fazer coisas de mulher, de cientista, sem pensar em fraldas, biberons ou colheres de sopa.
Sinto falta, preciso disto para me equilibrar.
E pela 1a vez desde p'raí os 5 meses de gravidez, voltei a dormir uma noite sem interrupções. Ahhhhh
E ouvi-la choramingar "Ah mama" quando mesmo a dormir me sentiu de novo perto dela, encheu-me o peito.
Os avós e o Pai fizeram um bom trabalho, obrigada a eles!
Licença Creative Commons
Mundo Azul by Rita Coelho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 2.5 Portugal