quarta-feira, março 08, 2006

Dia da Mulher

Nunca festejei este dia.
Devo confessar que acho no mínimo deprimente que seja preciso marcar num calendário um dia especial para se chamar a atenção para todas as atrocidades que ainda se cometem com e contra mulheres por esse mundo fora. Mas assim seja.

Ouvi dizer que há quem organize grandes jantaradas, free of men claro, e tenha como sobremesa stripteases num qualquer bar manhoso ou não, pela noite fora.

Dispenso! Mesmo. Nem em despedidas de solteira (conceito que também abomino) quanto mais em dias da mulher.

Vai ser um dia como os outros, a jantar e a deitar o lado do L., que todos os dias me faz sentir simples e docemente Mulher.

A verdade é que sem eles, isto de ser mulher, não tinha a mínima graça! Não acham?
Licença Creative Commons
Mundo Azul by Rita Coelho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 2.5 Portugal